CrossFit: entenda o que é e como o nosso corpo reage a esse esporte

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

Surgido nos Estados Unidos na década de 90, o CrossFit é um esporte que tem raízes do atletismo, ginástica olímpica e levantamento de peso. 

Trata-se, por isso, de uma modalidade esportiva bastante dinâmica, que combina exercícios funcionais e aeróbicos capazes de proporcionar, ao praticante, uma melhora no condicionamento físico, na capacidade cardiorrespiratória, na resistência e definição muscular, além de rápida perda de gordura corporal.

Os exercícios funcionais são aqueles movimentos que se caracterizam por serem realizados no cotidiano, enquanto os aeróbicos são aqueles praticados em alta intensidade, como a corrida, por exemplo. 

Essa combinação não traz apenas ganhos para o corpo em termos fisiológicos; traz também benefícios para a saúde mental, uma vez que, ao fazer crossfit, há a produção e liberação de hormônios relacionados à sensação de bem-estar. 

E é sobre esse esporte que vamos tratar no Blog do Olimpo esta semana!

Como funciona um treino de crossfit?

Em média, os treinos de crossfit duram uma hora e geralmente são divididos em três partes: aquecimento, alongamento dinâmico e o WOD (sigla para Workout of the Day), que é a etapa onde são aplicados os exercícios de alta intensidade.

O aquecimento, como em todas as atividades físicas, é a tarefa pré-treino indispensável para ajudar na prevenção de lesões; e no crossfit não é diferente. O objetivo é aquecer os músculos e deixá-los preparados para o treinamento.

No alongamento dinâmico, os praticantes vão aperfeiçoar os movimentos, trabalhar a técnica e experimentar cargas diferentes com o objetivo de se antecipar para a próxima etapa do treinamento: o Workout of the Day.

A terceira e última parte do treinamento, o WOD, se resume em praticar os exercícios trabalhados na fase anterior, mas com maior intensidade e dentro de tempo pré-estabelecido. Aqui, as pessoas são submetidas aos exercícios de levantar pesos, pneus e subir em cordas. 

Essa parte é muito importante porque é nela que aqueles benefícios acima citados vão ser conquistados. E a depender do grau atlético de cada um, no WOD são realizadas várias séries de exercícios, no menor tempo possível, e com pouco ou nenhum intervalo entre eles. 

O que acontece com meu corpo durante o CrossFit?

Estudos feitos para investigar a forma como nosso corpo reage à prática do CrossFit revelaram que esse esporte provoca diferentes efeitos dentro das várias etapas que compõem o ciclo de treinamento.

De forma resumida, essas reações acontecem tanto durante, quanto antes e depois do treino. Vamos a elas:

  • Pré-treino

No momento pré-treino, o corpo já se encontra em estado de atenção e alerta em função da excitação que o CrossFit costuma provocar. Nessa hora, o corpo já começa a se preparar para o treino, levando a um aumento da capacidade de consumo de oxigênio por parte do organismo.

  • Aquecimento

No aquecimento, a temperatura corporal aumenta e o organismo passa a funcionar de forma a distribuir a energia de modo mais eficiente pelo corpo. Para isso, ocorre a dilatação dos vasos dos músculos que aumenta o fluxo sanguíneo para um melhor transporte de oxigênio para os órgãos.

  • Alongamento dinâmico

Na segunda etapa do treino, o alongamento dinâmico treina o cérebro para assimilar os movimentos corretos para a prática do exercício de alta intensidade que ocorre na fase seguinte, WOD. Essa preparação neural ajuda o praticante a executar melhor os movimentos, evitando lesões e economizando energia.  

  • WOD

Na fase mais empolgante e dinâmica do treino, o WOD, acontece o aumento da frequência cardíaca e aumento da velocidade respiratória. Isso ocorre para que o corpo seja abastecido com a quantidade de oxigênio necessária. Porém, em exercícios mais intensos, o organismo aciona os sistemas energéticos de rápida resposta e curta duração que não dependem de oxigênio.

  • Pós-treino

Por fim, quando o treino se encerra, o corpo do praticante de CrossFit continua produzindo neurotransmissores hormonais, como serotonina, testosterona, cortisol e liberação de GH (hormônio do crescimento), que ajudam a dar uma sensação de prazer, euforia e alívio. Além disso, há também o aumento da produção de mitocôndrias e da reserva de glicogênio muscular, que ajudam a gerar mais energia para a prática esportiva.

CrossFit traz riscos para o meu corpo?

Como qualquer outro esporte, o CrossFit também carrega riscos à saúde dos seus praticantes. Da mesma forma que a ciência indica que há benefícios para o CrossFit, estudos recentes também apontam para o perigo de lesões causadas por movimentos repetitivos, sobretudo na região da coluna e nos ombros. 

Porém, vale ressaltar que o aparecimento de lesões também está associado à sobrecarga e ao excesso de treinos. Da mesma forma que a prática esportiva é benéfica por ser estimulante e gerar sensação de prazer, ela pode se tornar viciante e levar a pessoa a se esforçar para além dos limites que o seu corpo aguenta. 

Portanto, é necessário ter cuidado e sempre se consultar com professores e profissionais preocupados com a saúde e bem-estar dos seus alunos.

Está na dúvida? O Instituto Olimpo te ajuda

Quer começar a praticar CrossFit, mas tem receio de que não vai conseguir se adaptar a carga intensa de treinamento? Ou já pratica, mas sente que está fazendo algum movimento de forma equivocada a ponto de sentir um princípio de lesão?

Então, conheça a equipe multidisciplinar do Instituto Olimpo! Em nossa clínica, você terá um suporte completo que vai te ajudar na prevenção, tratamento e recuperação de lesões, além de te ajudar com um planejamento estratégico se estiver em um processo de iniciação esportiva.

Conheça melhor o nosso espaço, equipe e instalações! Estamos no bairro Moema, em São Paulo. Saiba como chegar até a gente

Visite o nosso site e nos adicione em nossas redes sociais. E, para tornar esse nosso primeiro contato ainda mais fácil, é só clicar neste link para agendar uma consulta!

Estamos te esperando!

Desenvolvido por

×

Mande-nos uma mensagem

× Marcar uma consulta