Acupuntura: o que você precisa saber sobre essa importante técnica

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

É muito provável que você já tenha ouvido falar de acupuntura, mas não sabe, ao certo, como ela funciona e quais são as suas finalidades. Para explicar com mais detalhe sobre como esse tratamento pode te ajudar, o Blog Olimpo dessa semana apresenta a Acupuntura e como ela tem se tornado, com comprovação científica, mais uma alternativa a tratamento de doenças, e por que de atletas amadores recorreram a essa técnica para tratar de lesões para voltar a competir.

O que é a acupuntura?

A palavra “Acupuntura” significa puncionar (punctura) com agulha (acu). E é assim que essa técnica medicinal, de origem chinesa, realiza o tratamento de doenças ou disfunções orgânicas do nosso organismo: com a introdução de agulhas de aço bem finas em regiões superficiais e específicas do corpo do paciente.

Essas regiões pré-determinadas são chamadas de “pontos de acupuntura” (ou de acupontos), e não são, obrigatoriamente, os locais que deram origem aos sintomas de uma doença. A técnica da acupuntura parte do princípio de que o efeito terapêutico necessário é alcançado quando esses pontos específicos são estimulados de forma precisa.

Como funciona exatamente? 

A explicação é científica: quando o acupunturista insere a agulha no corpo, um estímulo vai ser gerado nas terminações nervosas da pele e em demais tecidos (como o músculo) e ativar o mecanismo de sobrevivência do nosso organismo. 

Esses estímulos vão seguir pelos nervos até o sistema nervoso central, mais precisamente no cérebro e na medula. Quando o cérebro recebe a mensagem de que a pele foi tocada pela agulha, algumas substâncias químicas, chamadas de neurotransmissores, vão ser liberadas.

Ao mesmo tempo, a punção gera também uma cascata de reações fisiológicas na região onde a agulha é inserida, em função do mecanismo periférico estar sendo estimulado. Esse outro efeito consiste em provocar dessensibilização na pele e nos tecidos, e permitir a reparação de músculos lesionados, por exemplo. Em muitas situações, pode até substituir o uso de remédio

Uso para diferentes finalidades

Esses neurotransmissores podem provocar efeitos analgésicos, anti-inflamatórios e causar relaxamento muscular. O que contribui para o tratamento de doenças neurológicas, psiquiátricas, respiratórias, reumatológicas e ortopédicas. Ou seja, por envolver a descarga de diferentes neurotransmissores, é possível utilizar a acupuntura para várias finalidades e para o tratamento de múltiplas disfunções orgânicas, o que torna a sua utilização bastante ampla. 

Esses neurotransmissores podem provocar efeitos analgésicos, anti-inflamatórios e causar relaxamento muscular. O que contribui para o tratamento de doenças neurológicas, psiquiátricas, respiratórias, reumatológicas e ortopédicas.

Mas se engana quem acredita que a acupuntura seja apenas a aplicação das agulhas. Utilizar a técnica não é uma escolha somente do paciente, mas também do médico. Na consulta, o profissional especialista vai realizar uma anamnese, conhecer o histórico de doenças do paciente, ouvir suas queixas e angústias. Feito isso, outros exames podem ser solicitados para fechar um diagnóstico. Assim que tiver todas as informações necessárias, o médico pode solicitar o tratamento das doenças e dos sintomas via acupuntura.

Uso esportivo

O Acupuntura também tem conquistado atletas amadores e se tornando uma via para o retornos das atividades esportivas quando se lesionam ou para a correção de problemas causados pelo sedentarismo que tinham como hábito antes da iniciação esportiva. 

Há relatos de atletas que afirmam que, com a acupuntura, foi possível se curar de hérnia de disco na lombar, pontos de gatilho nos ombros e até de uma fascite plantar. Sem contar que a técnica também ajuda o corpo a funcionar melhor, através do controle da ansiedade e do aumento da qualidade do sono também

Você pode ver melhor sobre esses relatos nesta matéria publicada pelo portal de notícias, GE: Veja aqui exemplos de atletas que se beneficiaram da acupuntura.

Tratamento: importante saber

Se você for submetido a um tratamento pela acupuntura, não se preocupe se estiver realizando outro procedimento ao mesmo tempo. Segundo especialistas, é possível combinar e somar a acupuntura com outros tratamentos (medicamentosos, por exemplo). Mas. para isso, é necessário ser conversado e combinado com o médico também para, em conjunto, acharem qual a melhor estratégia clínica a ser seguida.

Quando bem praticada e realizada dentro das regras exigidas pela Anvisa, a acupuntura não possui riscos ao paciente. Contudo, é importante averiguar se o médico está não reutilizando agulhas — isso pode levar a contaminações —, e se o profissional possui especialização, conhecimento e competência técnica para realizar o procedimento. Por ser uma técnica que exige muita precisão, a acupuntura deve ser praticada por alguém devidamente preparado. Se uma agulha for introduzida de maneira equivocada, pode causar um efeito adverso ao paciente e provocar uma lesão grave.   

Acupuntura no Instituto Olimpo

No Instituto Olimpo, também oferecemos o serviço da técnica de acupuntura. Em nossa clínica, você terá todo o apoio e cuidado de médicos de confiança, preparados e com conhecimento necessário para a aplicação do tratamento.

Para agendar uma consulta com os nossos profissionais, você pode nos mandar uma mensagem por aqui. Assim que possível, te damos um retorno. E para conhecer um pouco mais sobre o instituto, nossas instalações, corpo profissional e serviços que disponibilizamos, então visite o nosso site e as nossas redes sociais

Se quiser nos conhecer pessoalmente, também será um prazer te receber. Estamos localizado no bairro Moema, em São Paulo. E, para saber como chegar até nós, é só clicar aqui!

Desenvolvido por

×

Mande-nos uma mensagem

× Marcar uma consulta